PublicidadePublicidade

Filha mata o pai e bebe o sangue: “Era docinho”

Da Redação -

Na Paraíba uma jovem de 22 anos, foi presa na última quinta-feira (15), após matar e beber o sangue do pai no dia anterior.

Em um vídeo publicado na internet (veja abaixo), a mulher confessa e conta detalhes de como matou o agricultor Geraldo Rivaldo, de 45 anos, e alega que o motivo homicídio foi o fato de o pai tê-la estuprado desde a infância.

A jovem relata, que antes do assassinato, conversou com a mãe, disse que a amava, mas não a veria mais. Depois encontrou o pai e primeiro atacou com uma faca, e depois efetuou disparos contra o pai. Ela ainda diz que desejava arrancar a cabeça do homem e ter pendurado em uma estaca, mas não conseguiu.

Questionada se estaria arrependida, a moça diz: “Não estou nem um pingo arrependida. Mataria de novo e beberia o sangue novamente”.

Veja o vídeo:

Junto com a jovem, outras três pessoas foram presas suspeitas de participar do crime e teriam confessado participação no assassinato. A suspeita nega que teve ajuda.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade