Portal 6

Resumo Escrava Mãe – Sexta 11/09/2016

Guilherme e Átila conversam e chegam a conclusão que quem matou o pirata foi a mando de Almeida. Na praça, Almeida diz que decidiu o que fazer com Juliana e Miguel. Ele diz que dá uma chance para Juliana e dizer diante de todos que lamenta por esta fuga inconsequente. Juliana olha para Miguel bastante nervosa. Juliana fala publicamente que errou e pede perdão à Maria Isabel. Esméria chega em casa com Tozé mas não quer falar com ninguém. Catarina estranha e Tozé diz que ela ficou assim depois que Almeida disse que Juliana sempre teve regalias na casa, que sempre manteve uma forte amizade com sinhá Teresa, algo que Esméria nunca teve, por mais fiel que ela fosse à Maria Isabel. E também porque viu os instrumentos de tortura. Juliana diz que fugiu porque não conseguiu seguirar o amor que sente por Miguel. Maria Isabel fica nervosa. Juliana agradece Miguel por tudo o que ele fez por ela. Guilherme diz a Átila que o entende mas que o melhor a fazer é ele partir. Almeida fala que perdoa todos os erros de Juliana e todos os escravos ali presentes. Almeida diz que irá melhorar a qualidade de vida dos escravos e que só irá castiga-los caso não se comportem. Almeida pede para soltarem Maria Isabel e que Sapião leve Juliana para casa. Juliana e Maria Isabel são retiradas das correntes. Juliana é afastada de Miguel e entregue a Sapião que a leva de volta para casa. Almeida diz que Miguel não será castigado publicamente mas ficará detido aguardando julgamento.

Quer comentar?

Comentários




Nosso Twitter



Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.