PublicidadePublicidade

Vereador de Anápolis pede mais blitze na rua para aumentar segurança de taxistas

Na semana passada um motorista foi assassinado no bairro Maracanã, durante uma corrida

Avatar Danilo Boaventura -
PublicidadePublicidade

A Câmara Municipal de Anápolis nesta manhã de segunda-feira (20) foi tomada por mototaxistas e taxistas que exigem a regulamentação da Uber na cidade. O protesto foi pacífico e a maioria dos manifestantes ficaram acompanhando a sessão plenária.

Durante o chamado “Grande Expediente”, momento em que os vereadores inscritos dispõe de dez minutos para discursar o que quiserem na Casa, ambas categorias ouviram palavras de solidariedade e apoio.

Líder do prefeito Roberto Naves (PTB), o socialista Jackson Chales foi além e também quis falar sobre a segurança dos motoristas que atuam no transporte de passageiros. Ele acabou propondo uma moção de apelo ao Comando da PM em Anápolis e sugerindo que a polícia realize mais blitze na cidade para diminuir a vulnerabilidade de taxistas e mototaxistas.

PublicidadePublicidade

“Isso já acontece em outras cidades. A viatura surpreende um taxista ou mototaxista, para saber se está tudo bem, se a pessoa transportada é da sociedade, que não há um assalto em andamento”, defendeu.

Em tempo

Na semana passada um taxista foi assassinado durante um roubo. Virgílio Carlos dos Santos, de 52 anos, atuava no ponto da rodoviária. Relembre.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade