Portal 6

Taxistas de Curitiba decidem cobrar preço similar ao de ônibus dos passageiros

(Foto: Reprodução)

‘Já que a Prefeitura quer afundar o transporte de táxi, então, vamos afundar com o transporte coletivo também”, desafiam

Andar de táxi pagando praticamente o preço da passagem do ônibus parece até história de filme. Mas, em protesto contra a liberação dos aplicativos da Uber e Cabify, os taxistas de Curitiba tomaram uma decisão: cobrar R$ 5 dos passageiros pela corrida.

A medida, estimulada pelo sindicato da categoria, não quer somente afetar os concorrentes dos aplicativos de viagem, mas também a Urbs, empresa estatal que controla o transporte coletivo da cidade.

Em entrevista ao Gazeta do Povo, principal jornal do Paraná, os taxistas defendem a retaliação porque a ‘Prefeitura não se importa com eles’. Estimativas indicam que já perderam 50% do mercado.

‘Se o Uber pode, por que os táxis, que são legalizados, não podem? Já que a Prefeitura quer afundar o transporte de táxi, então, vamos afundar com o transporte coletivo também’, desafiou.

Como funciona

Chamado de “Táxi Solidário”, as corridas devem ter quatro passageiros em cada carro por viagem e os trajetos ainda não foram definidos formalmente.

Propaganda os motoristas de taxi de Curitiba. (Foto: Reprodução)

Por isso, os veículos partem de pontos estratégicos da cidade onde há maior movimento de passageiros, como paradas de ônibus, escolas, faculdades e hospitais.

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.