Mulher do Polocentro se nega a devolver cadela, morde policial e acaba presa

Shih Tzu estava desaparecida desde o dia 06 de agosto e dona foi atrás

Da Redação -

Júlia Beatriz de Sousa, de 25 anos, foi presa e autuada em flagrante na tarde de quarta-feira (30) por desacato e lesão corporal. Ela mordeu um policial militar quando estava sendo algemada, em frente à casa dela, no bairro Polocentro, região Sudeste de Anápolis.

A jovem estava de posse de uma cadelinha Shih Tzu, desaparecida desde o dia 06 de agosto e que pertence a Silvani Xavier Porto.

A dona soube do paradeiro do animal e imediatamente se deslocou até o local onde supostamente a cachorra estava. Com a negativa de Júlia em devolver a mascote, Silvani acionou a Polícia Militar.

Após a chegada da viatura, um policial foi hostilizado e mordido por Júlia.

Policial Militar foi mordido no braço por Júlia. (Foto: Ascom/ 3ºCRPM)

Levada à delegacia, ela disse que estava esperando o dono da Shih Tzu e que mordeu o policial porque toma remédios controlados.

As informações são do radialista Marcelo Santos.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.