Portal 6

Emissão de vistos para norte-americanos tem aumento de 87%

Estados Unidos é o país que mais envia turistas ao Brasil, atrás apenas da Argentina

A emissão de vistos eletrônicos para turistas australianos, canadenses, norte-americanos e japoneses entrarem no Brasil fez aumentar o número de vistos concedidos.

De acordo com o Ministério das Relações Exteriores (MRE), entre 1° de fevereiro e 2 de março deste ano foram emitidos 14.654 vistos para turistas dos Estados Unidos, número 87% maior que no mesmo período de 2017. No caso de vistos para a Austrália, o aumento foi de 80%; no Canadá, 47%; e no Japão, 37%.

A oferta do serviço, que simplifica o processo usando um sistema eletrônico, foi implementada de forma gradual no final de 2017 e começou com a Austrália, em novembro de 2017. Em janeiro de 2018, o serviço entrou em vigor também para cidadãos do Canadá, Estados Unidos e Japão.

Segundo informações da Organização Mundial do Turismo (OMT), a facilitação da entrada de turistas pode incrementar em até 25% o fluxo nos destinos beneficiados. De acordo com projeções feita pelo Ministério do Turismo, visitantes norte-americanos devem gastar US$ 177,6 milhões a mais no Brasil com a emissão simplificada dos vistos.

Por meio da assessoria de imprensa, o presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Vinicius Lummertz, disse considerar a medida uma das maiores mudanças na estratégia de internacionalização do turismo no país. “A expectativa da Associação de Agências de Viagens dos Estados Unidos é que dobre o número de turistas americanos que visitam o nosso país por causa dessa facilitação. O mesmo ocorre em relação aos demais países que já têm o visto eletrônico”, explicou.

Os Estados Unidos é o país que mais envia turistas ao Brasil, atrás apenas da Argentina. A Embratur planeja expor, em abril, um painel na Times Square, um dos principais pontos turísticos de Nova York, com informações sobre o novo visto, para atrair mais turistas.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook

Nosso Twitter