Portal 6

MP já sabe o que pode trazer segurança para o Terminal Urbano de Anápolis

(Foto: Reprodução)

Furtos, roubos e tráfico de drogas têm sido constantes no local, segundo levantamento do 1º DP

Após acionar o Ministério Público contra a Urban, a Frente Parlamentar de Segurança Pública da Câmara Municipal, composta pelos vereadores Pastor Elias Ferreira (PSDB), Fernando Paiva (PODE), João Feitosa (PTB) Lélio Alvarenga (PSC) e Thaís Souza (PSL), foi recebida na tarde desta terça-feira (05) pelo promotor Paulo Henrique Martorini.

Os problemas que os passageiros enfrentam no Terminal Urbano de Anápolis foram o destaque. “Diariamente ocorrem furtos, roubos, tráfico de drogas, reuniões de torcida organizada, assim como diversos inquéritos em andamento e mandatos de prisão”, descreveu Pastor Elias, citando levantamento realizado pela delegada do 1º Distrito Policial Gênia Maria Etherna.

Paulo Henrique Martorini explicou aos parlamentares que existem procedimentos instaurados com relação ao transporte coletivo municipal.

“Por questões contratuais, existe limitação para Urban realizar a segurança do local. Mas por se tratar de um imóvel público com grande fluxo de transeuntes, a vigilância deveria ficar por conta da Polícia Militar”, disse.

Sobre o projeto de Pastor Elias, que prevê um convênio entre a Prefeitura e a Polícia Militar, o promotor acredita ser a solução adequada. “Vou provocar a Urban para que adote medidas de segurança e para que os parlamentares apreciem o projeto do Pastor Elias, e que a Polícia Militar continue atuando na área”.

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.