O estado clínico do jovem de Terezópolis encontrado acorrentado em quintal

Ele passava frio, fome e sede até ser resgatado pela PM e trazido para hospital de Anápolis

Da Redação -

Foi encaminhado para o Instituto de Medicina do Comportamento Eurípedes Barsanulfo (INMCEB), antigo Hospital Espírita de Psiquiatria de Anápolis, o jovem que foi acorrentado em uma árvore pela família, em Terezópolis.

Diretora técnica da unidade, a psiquiatra Darianne Canêdo contou ao Portal 6 que ele chegou muito debilitado e agressivo, mas foi medicado, recebeu alimentação, água e passa bem.

“Ele está clinicamente estável, mas ainda com sintomas psiquiátricos importantes”, salientou.

O jovem, de apenas 24 anos, tem problemas mentais e também é dependente químico. Ele já estava preso no quintal da residência há cinco dias. Lá, ele morava com irmã e sobrinhos.

No local onde esteve acorrentado, havia apenas um galão de água, que já estava vazio, e cobertores improvisando uma cama.

Para se alimentar, o rapaz dependia da doação de vizinhos, que descobriram toda a situação e também acionaram a ajuda da polícia.

Agora, ele deverá ficar no INMCEB por volta de 15 a 30 dias. Posteriormente, será entregue aos cuidados da Prefeitura de Terezópolis, que assinou o termo de responsabilidade por ele no instituto.

Um boletim de ocorrência foi registrado e o caso será ser investigado pela Polícia Civil.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.