Portal 6

Em novos locais, pagamento de energia elétrica poderá ser feito sem o talão

(Foto: Reprodução)

Contas deixarão de ser recebidas pelas Casas Lotéricas a partir do mês de agosto

O Procon de Anápolis já começou acompanhar as mudanças no pagamento da conta de energia elétrica.

Por conta do encerramento do contrato da Enel, antiga Celg D, com a Caixa Econômica Federal, a partir do mês de agosto, os talões não serão mais recebidos pelas Casas Lotéricas.

Robson Torres, titular da secretaria municipal de Defesa do Consumidor, se reuniu com representantes da companhia energética.

Além do órgão acompanhar a implantação dos postos de arrecadação na cidade, ficou acertado que esses estabelecimentos devem informar claramente à população que, somente pela indicação do CPF ou da Unidade Consumidora (UC), será possível pagar a conta de energia.

Reclamações contra a Enel que chegam ao Procon também entraram na pauta da reunião. Robson Torres pontuou que acompanhará todas as cobranças, inclusive relativas à religação a revelia, uma vez que diversos consumidores têm que não realizam tal irregularidade estão sendo cobrados pela distribuidora.

Segundo Edinilton Bernardo, que trabalha no setor de Ouvidoria da companhia, todas as cobranças efetuadas são pautadas em provas comprobatórias de tal religação, sendo, inclusive, uma obrigação estabelecida pela própria agência reguladora em âmbito nacional.

O secretário também questionou a Enel sobre os procedimentos  para a reparação dos danos sofridos pelos consumidores quanto as quedas de energia, que muitas vezes gera a queima de equipamentos eletrônicos.

Sobre isso, Edinilton Bernardo informou que a empresa tem arcado com todos os custos, cabendo ao consumidor providenciar o correto requerimento, preenchendo formulários, realizando orçamentos e, principalmente, anotando o horário exato da ocorrência.  De acordo com a companhia, a hora é o principal fator para a restituição desses valores.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook

Nosso Twitter