Como carregamento ilegal de R$ 2 milhões foi descoberto em Anápolis

Motorista, no entanto, disse que receberia apenas R$ 1.500 pelo serviço sujo

Da Redação -

Uma carreta com cerca de 800 caixas de cigarros oriundos do Paraguai foi apreendida em Anápolis pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), no inicio da noite deste domingo(18).

O veiculo foi parado em abordagem de rotina. Quando solicitado a documentação da carreta, o motorista, de 51 anos, apresentou apenas o documento do cavalinho e disse que não portava o documento do reboque.

Ao ser indagado sobre a carga que transportava, o homem disse que estava carregado com mudança e teria pego o veículo em Curitiba (PR) para conduzi-lo até Brasília. Ele receberia R$ 1.500 pelo serviço.

PublicidadePublicidade

Eram 800 caixas de cigarros do Paraguai, avaliados em R$ 2 milhões. (Foto: Divulgação/ PRF)

Após checar o compartimento de carga, a PRF constatou que parte da carga era de móveis e 90% do carregamento que a carreta transportava era de cigarros contrabandeados do Paraguai, avaliados em R$ 2 milhões no total.

Posteriormente, os agentes constataram que as placas do conjunto de veículos eram clonadas, pertenciam a autocargas do estado do Paraná.

Tanto o motorista quanto o carregamento foram levados à Superintendência de Polícia Federal, em Goiânia.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.