Portal 6

João de Deus já retirou mais de R$ 30 milhões de contas bancárias

(Foto: Reprodução)

Religioso é considerado foragido e pode ser preso por qualquer autoridade policial brasileira ou estrangeira caso saia do país

O médium João de Deus retirou cerca de R$ 35 milhões aplicados em instituições bancarás, segundo informou O Globo neste sábado (15).

De acordo com a publicação, as movimentações aconteceram na última quarta-feira (12) em meio ao escândalo sexual que ele está envolvido.

Para o Ministério Público de Goiás (MP-GO), o religioso de Abadiânia já é considerado foragido porque não foi encontrado em todos os endereços possíveis nem se apresentou espontaneamente nas 24 horas seguintes à ordem de prisão.

Dessa forma, João de Deus pode ser preso por qualquer autoridade policial brasileira ou estrangeira, com auxílio da Interpol, caso saia do país.

O órgão acrescenta que a condição de foragido se estabelece mesmo com a negociação entre os advogados do médium e as autoridades.

Na manhã deste sábado (15), a Secretaria de Segurança Pública de Goiás afirmou que não havia prazo determinado para considerar o médium foragido. As buscas estão sob responsabilidade da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC).

As denúncias contra João de Deus começaram a vir a público na sexta-feira (07) quando a mídia divulgou as primeiras denúncias de abuso sexual. A partir daí, mais de 300 mulheres que afirmam ser vítimas do médium começaram a procurar as autoridades e a imprensa.

*Com informações da Agência Brasil

Quer comentar?

Comentários

Nosso Twitter

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.