Portal 6

HUANA pode começar 2019 com as atividades paralisadas

(Foto: Diego Damian​)

Declarações do governador eleito Ronaldo Caiado confirmaram o que os funcionários mais temiam

Sem ceia de Natal e com dificuldades para colocar comida na mesa de casa. Essa é a triste realidade que colaboradores do Hospital Estadual de Urgências de Anápolis Dr. Henrique Santillo (HUANA) estão enfrentando.

Os atrasos no pagamento integral de salário por parte da Fundação de Assistência Social de Anápolis (FASA) caminham para completar dois meses.

Na última quarta-feira (19), um dia antes da folha de dezembro vencer, a diretoria da organização social convocou uma reunião e prometeu quitar os vencimentos.

“Mas disseram que para isso acontecer depende primeiro dos repasses da Secretaria Estadual de Saúde (SES)”, relatou uma profissional.

A principal preocupação de quem trabalha no HUANA é que a troca de governo faça com que esses débitos não sejam liquidados.

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira (26), Ronaldo Caiado (DEM), governador eleito que assume na próxima semana, não negou essa possibilidade.

“A previsão de pagamento só poderia existir se tivesse deixado o dinheiro”, disse. “Nós pagaremos e quitaremos o mês de janeiro e vou imediatamente pedir minha assessoria que busque alternativas para a gente fazer qualquer tipo de renegociação”, completou.

Temendo toda essa situação, colaboradores já se organizam e não descartam paralisarem as atividades na unidade de saúde.

“Desse jeito não está dando. Temos família e compromissos que precisam ser honrados. Jamais queríamos que chegasse à esse ponto”, lamenta uma prestadora de serviços.

Procurados pela reportagem do Portal 6, SES, FASA e HUANA ainda não retornaram o contato.

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.