Portal 6

Murilo Spada: Alimentação consciente para uma vida melhor

Há algum tempo, comer fora de casa já foi sinônimo de comer mal. Entretanto, a rotina puxada, os horários apertados e as refeições irregulares não devem ser encarados como empecilhos. Hoje, as marmitas e lanches rápidos têm ganhado a preferencia de muitos brasileiros, que optam por escolhas conscientes e alimentos nutritivos, sem deixar de lado sabor e preço justo.

A ideia é apostar em um conjunto de hábitos saudáveis e equilibrados, considerando escolhas com foco nos resultados. A seleção dos alimentos deve estar atrelada à prática regular de exercícios físicos, sono adequado e períodos de relaxamento, por exemplo.

Muitas pessoas precisam aliar uma série de atividades e acabam deixando de lado uma refeição bem feita, que garanta todo o sabor e nutrientes necessários. Um erro grave, já que este momento é um dos principais quando se fala em autocuidado. Neste contexto, entram alguns industrializados que se utilizam de ingredientes melhores, com maior valor agregado e que trazem para esta rotina qualidade e praticidade.

A indústria não pode ser vista como vilã, já que é ela quem consegue oferecer um grande volume de produção para atender à demanda altíssima por alimentos em todo o mundo. Já não há como se falar em fim da produção industrial, mas sim em conscientização sobre a escolha das melhores matérias-primas, para levar à mesa do consumidor uma opção nutritiva, saborosa e economicamente viável, o que democratiza a percepção e mudança da qualidade de vida.

Escolhas mais inteligentes e equilibradas permitem que alimentação fora de casa, os snacks e os industrializados continuem presentes na rotina e agreguem valor nutricional. Este propósito precisa ser assimilado de forma clara, já que comer bem deve ser uma opção de todos. Nas gôndolas é possível encontrar produtos integrais e menos processados, com ingredientes selecionados, disponíveis para serem consumidos por quem faz as escolhas que melhor contribuem com o funcionamento de seu próprio corpo.

A consciência sobre os alimentos ingeridos é uma necessidade para quem busca uma vida mais equilibrada. O custo, sem dúvida, pode ser um limitador, mas essa não é uma verdade absoluta, já que a Dona Raiz, por exemplo, traz produtos de alto valor nutricional, saborosos e com valores justos. Durante a pesquisa realizada para lançar a linha de alimentos, o preço foi o principal empecilho na hora de comprar produtos saudáveis. Isso foi levado em consideração, ao colocar no mercado produtos de boa qualidade e economicamente acessíveis.

Os itens seguem todos os padrões de qualidade e possuem o selo ‘Alimento Confiável’. Ainda assim, são disponibilizados com valores menores que os principais concorrentes, facilitando o acesso e deixando o processo de escolha mais democrático.

Como produtores de alimentos que são consumidos por famílias de todo o país, não podemos ignorar as diferenças econômicas. Itens menos processados, integrais, não transgênicos ou com outras características similares não precisam e não devem ter preços seletivos. A conscientização alimentar não deve ser privilégio, mas opção.

Murilo Spada é gestor da linha Dona Raiz, da indústria de alimentos GSA

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.