Portal 6

Quadros da Polícia Científica em Anápolis embarcam para Brumadinho

(Foto: Reprodução)

Bombeiros goianos também atuam nos trabalhos de busca às vítimas

Uma equipe da Polícia Técnico-Científica de Goiás foi enviada na noite desta sexta-feira (1º) para ajudar na identificação de vítimas fatais do rompimento da barragem da Vale, na mina do Córrego do Feijão, em Brumadinho.

Além de um perito odontolegista, foram incumbidos da missão na cidade mineira seis auxiliares de autópsia – sendo quatro da unidade de Anápolis e dois de Goiânia. Eles atuarão ao lado de profissionais da Polícia Federal do Distrito Federal.

Passagens aéreas, hospedagem, alimentação e suporte logístico de transporte serão custeados pela Vale. Quem conduziu as negociações foi a superintendente de Polícia Técnico-Científica, Rejane Barcelo.

A medida atende determinação do governador Ronaldo Caiado, de que o Estado buscasse prestar toda a ajuda possível ao governo e ao povo mineiro. Bombeiros goianos também atuam nos trabalhos de busca às vítimas.

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.