Portal 6

Essa é a proposta de Caiado para que estudantes de Goiás recebam uniformes de graça

(Foto: Reprodução)

Modelo está em fase de criação e deverá ser igual para toda a rede

Um projeto defendido pelo governador Ronaldo Caiado (DEM) poderá abrir caminho para que, a partir de 2020, todos os alunos da rede pública estadual de ensino recebam uniformes escolares.

A proposta é que o vestuário seja confeccionado por reeducandos do sistema prisional goiano. As pastas de Educação (Seduc) e de Segurança Pública (SSP) analisam juntas como colocar a iniciativa em prática.

Segundo a secretária Fátima Gavioli, a ideia surgiu quando ela soube que a população carcerária goiana realiza trabalho envolvendo confecção.

“Já produzem malharia em grande escala para empresas. Então por que não fazer para nossas crianças? Levei a ideia para o governador Caiado e ele deu carta branca para colocar em prática. Queremos produzir dois uniformes completos para cada aluno matriculado na rede estadual de ensino, e distribuir a partir do ano que vem”, explicou.

Para a titular da Seduc, a ação possui papel inclusivo e social. “Distribuir uniformes a todos é, sem dúvida, um trabalho de inclusão. É muito interessante você pensar que dentro da rede não existirá ninguém usando uma roupa diferente da sua, seja melhor ou pior. Todo mundo se sente muito igual nesse momento. Isso sem falar no caráter de ressocialização, pois dá a oportunidade de trabalho aos reeducandos”.

O modelo do uniforme está em fase de criação e deve ser igual para toda a rede – a diferença será somente no espaço reservado para incluir o nome da escola. A princípio, a secretária informou que o uniforme vai obedecer a alguns critérios básicos. Como exemplo, citou o tecido a ser utilizado, que precisa ser compatível às condições climáticas de Goiás. Sobre a cor, há a possibilidade de utilizar a bandeira do Estado como inspiração, aproveitando o verde, amarelo, azul e branco.

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.