Portal 6

Condenado por estupro de criança é morto na cadeia horas após ser preso

(Foto: Divulgação/ PCGO)

Segundo a DGAP, José Roberto não ficou isolado dos outros presos, mas compartilhou cela com apenados que cometeram crimes da mesma natureza que ele

José Roberto Sousa da Silva, de 42 anos, foi encontrado morto na noite desta terça-feira (14) no Centro de Inserção Social Monsenhor Luiz Ilc, a cadeia pública de Anápolis.

Condenado em novembro do ano passado a mais de nove anos de prisão por ter estuprado uma criança no interior de Mato Grosso, ele estava escondido no Conjunto Filostro Machado, na região Leste da cidade, e teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil anapolina durante a manhã.

Segundo a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), na parte da tarde, ele foi transferido de cela após se desentender com outro detento e ficar ferido.

“Ocasião em que imediatamente recebeu atendimento médico da equipe de saúde do local e retornou para uma outra cela do presídio”, detalhou o órgão em nota enviada ao Portal 6.

“Por volta das 19h, os servidores atenderam a um chamado vindo do local onde o detento estava custodiado e, ao chegarem à cela, encontraram-no desacordado. De imediato, uma equipe do Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu) foi chamada e constatou o óbito”, complementa.

Ainda segundo a DGAP, José Roberto não ficou isolado dos outros presos, mas compartilhou cela com apenados que cometeram crimes da mesma natureza que ele.

A administração da cadeia abriu procedimentos internos para apurar as circunstâncias da morte e o esclarecimento do caso ficará a cargo do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) da Polícia Civil.

Cometeu crime horrível contra criança no Mato Grosso e veio se esconder no Filostro

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.