Portal 6

Padrão Sírio-Libanês, hospital em Anápolis promete virar referência no Centro-Oeste

(Foto: Reprodução)

Classe médica local acredita que empreendimento colocará a cidade em outro patamar de qualidade em assistência à saúde

Toda a experiência em gestão do Hospital Sírio-Libanês, um dos centros de medicina mais desenvolvidos do país, será compartilhada para estruturar um novo hospital em Anápolis. O hospital de alta complexidade integrá o Gran Life Medical Complex, empreendimento mixed use que está sendo construído no Centro.

“Fomos convidados a prestar uma consultoria desde a concepção do projeto até sua implantação, a fim de que seja desenvolvido um empreendimento agregador de benefícios e inovações, para os profissionais de saúde e para a população da cidade”, disse o médico André Alexandre Osmo, doutor em Administração em Serviços de Saúde e consultor da Diretoria de Estratégia e Projetos do Hospital Sírio-Libanês.

O representante da renomada instituição médica falou sobre a consultoria que será prestada para a implantação do novo hospital, durante uma confraria médica realizada no último dia 25 de junho em Anápolis. O evento foi promovido pelas empresas Atmo Desenvolvimento Imobiliário, ABL Prime, Queiroz Silveira Incorporadora e CRD-Medicina Diagnóstica, que compõem o grupo empreendedor responsável pelo Gran Life Medical Complex.

Sobre a unidade hospitalar que integrará o mixed use, André Alexandre afirmou durante o evento, que reuniu toda a comunidade médica anapolina, que a proposta é trazer para Goiás um estabelecimento de saúde que será referência na região Centro-Oeste.

“Nós queremos criar um conceito de hospital moderno, baseado em resultados e no impacto da assistência colocando o paciente no centro do negócio”, enfatizou o representante do Sírio-Libanês.

Outra inovação trazida pela consultoria do Sírio-Libanês é a conectividade digital dos serviços de saúde que serão prestados, com total exclusão do uso do papel. De acordo com André Alexandre Osmo, este conceito favorece tanto o trabalho do médico quanto a assistência ao paciente.

“O profissional de saúde receberá de imediato no computador os resultados de exames, acelerando o diagnóstico e atendendo ao paciente no mesmo dia, no mesmo lugar”, explicou ao acrescentar que este processo apresenta mais resolução ao médico.

Alexandre Osmo, doutor em Administração em Serviços de Saúde e consultor da Diretoria de Estratégia e Projetos do Hospital Sírio-Libanês. (Foto: Cristiano Borges)

Estrutura inteligente

Para o médico Sérgio Daher, sócio do Grupo CRD, a experiência de instituições reconhecidas nacionalmente, como o Sírio-Libanês, é fundamental para o diagnóstico e implementação de uma estrutura inteligente em gestão e outras melhorias necessárias.

“Essa iniciativa marca uma nova fase para os serviços de saúde em Anápolis e é uma forma de reafirmar nosso compromisso com a sociedade ao compartilhar expertise em gestão”.

Ele detalha que a consultoria, que já está sendo prestada, dará suporte nos diagnósticos técnicos globais de governança e nas oportunidades de gestão, além de indicar soluções de curto, médio e longo prazos e ações que possam subsidiar a tomada de decisão em outras questões mais práticas.

“Isso tudo porque temos uma preocupação com a gestão, agilidade e de qualificação de pessoal”.

O médico Marcelo Daher falou aos convidados sobre a necessidade de empreender uma visão de negócios dentro do mundo da saúde, destacando a modelagem do novo hospital.

“O formato de gestão enxuta, o conforto para médicos e pacientes nascem dentro de um conceito planejado para o funcionamento”, afirmou, ao lembrar que o grande desafio é fazer a gestão de todos os processos e ampliar a eficiência continuamente”.

De acordo com o também médico Renato Daher, um dos membros do grupo investidor, a gestão do novo hospital adotará o conceito de corpo clínico aberto, isto quer dizer que o empreendimento terá espaço para profissionais qualificados. “Todos os colegas serão bem-vindos e poderão desempenhar suas atividades atendendo a um regimento”.

O projeto

O arquiteto e urbanista Flávio Aleixo, sócio da Atmo Desenvolvimento Imobiliário, destacou os diferenciais construtivos do Gran Life Medical Complex, um empreendimento, que segundo ele, terá os serviços de saúde e bem-estar como foco principal, proporcionando atendimento de excelência a pacientes, mas também total comodidade para profissionais de saúde.

“O edifício traz sistema para reuso de água que será empregada na limpeza de algumas áreas de unidade, energia solar e cumprimento às normas de qualidade na área da saúde”, disse. Além do hospital de alta complexidade, o Gran Life contará com uma torre residencial e outra corporativa, que deverá abrigar principalmente consultórios.

O Gran Life Medical Complex contará com quase 50.000 m² de área construída, onde será edificado uma home service – com torre residencial com diferenciais na parte de serviços – um shopping, um centro clínico e um hospital de alta complexidade. O moderno mixed use ficará localizado na Avenida Goiás, ao fundo da Igreja Sant’Ana, no Centro da cidade, uma região com grande fluxo de veículos, pessoas e grande oferta de serviços e comércio. Para atender à demanda que será atraída pelo complexo com conforto e agilidade, contribuindo com a fluidez do trânsito, o projeto inclui estacionamento com vallet e 656 vagas distribuídas estrategicamente no complexo.

Aprovação

Com todo este conceito inovador, o Gran Life Medical Complex conquistou aprovação da classe médica anapolina que vê no projeto e suas propostas, mais eficiência. A médica Alda Lúcia Sola é uma das investidoras. “Investi por acreditar no potencial do projeto e na chancela do Sírio-Libanês, que pretende deixar aqui um modelo de atendimento de excelência ao paciente com um padrão referencial”.

O ortopedista Ricardo Sabag, disse que a proposta do mixed use é espetacular e colocará a cidade em outro patamar de qualidade em assistência à saúde. “Comprei três salas dentro desse momento de crise, pois acredito que vai prosperar”. Na opinião dele, todos vão ganhar, ao dizer com firmeza que “vou entrar com o pé direito assim que o empreendimento for entregue”.

Quer comentar?

Comentários






Nosso Twitter

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.