PublicidadePublicidade

Mulheres são humilhadas dentro de casa em Anápolis por serem negras

Vítimas não quiseram deixar barato e caso foi parar na delegacia

Da Redação -

Mãe e filha estiveram na Central de Flagrantes nesta sexta-feira (26) e denunciaram terem sofrido discriminação dentro de casa por serem negras.

Elas são moradoras da Vila Formosa, região Leste de Anápolis, e relataram à Polícia Civil que Diego Alexandre de Lima apareceu repentinamente na residência, já proferindo as ofensas.

“Ele passou e xingou minha mãe de preta e fedida. Chamei a PM, [os policiais] conversaram e ele foi embora. Depois voltou de novo, me chamando de piranha”, contou a jovem em entrevista ao radialista Marcelo Santos, da Manchester FM.

PublicidadePublicidade

“Eu sinto muito mal. Nossa eu não aguento isso não. Só falei: Diego, eu sou preta só por fora, mas por dentro sou igual a você”, complementou a mãe dela.

Conforme o delegado Cleiton Lobo, que atendeu o caso, o homem é casado com uma prima das vítimas e foi autuado por injúria racial.

“Ele é casado com uma parente delas e não teria porque ofendê-las usando essa questão da cor de pele”, disse.

Diego pagou uma fiança de R$350 e vai responder todo o processo em liberdade.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade