Portal 6

Projeto de colaborador goiano do Sicredi é um dos concorrentes na WOCCU 2019

(Foto: Reprodução)

Instituição leva 11 projetos sociais brasileiros para premiação internacional WYCUP, uma das ações presentes no maior encontro das cooperativas de crédito do mundo

O World Council Young Credit Union People (WYCUP) é realizado anualmente dentro da programação da Conferência Mundial do (WOCCU). A Conferência do WOCCU é o maior encontro do segmento de cooperativismo de crédito do mundo e, neste ano, reúne cerca de 5 mil representantes de cooperativas de mais de 50 países para discutir iniciativas que possam melhorar a vida das pessoas por meio da atuação das cooperativas. O evento vai até 31 de julho, em Nassau, nas Bahamas.

O projeto é o Programa de Mentoria para Jovens, do colaborador Moisés Alves, da Cooperativa Sicredi Planalto Central da cidade de Catalão. A ideia de Moisés direciona jovens universitários ao conhecimento prático do cooperativismo, para que possam ter um modelo de empreendedorismo cooperativista a partir de uma liderança transformadora, capaz de preparar novos líderes disruptivos e influenciadores na comunidade.

Mais de 2 mil jovens da cidade já foram impactados com feiras de negócios, palestras e workshops sobre empreendedorismo. Do programa, surgiu também o Idea Challenge, que desafia jovens a desenvolverem projetos sociais que beneficiem a região onde vivem 23 estudantes universitários já apresentaram quatro projetos e alguns deles já foram implementados e já estão gerando recursos.

Caso sua iniciativa saia vencedora, ele terá direito a participar da edição de 2020 da Conferência, prevista para ser realizada nos Estados Unidos, com todas as despesas pagas.

“Posso dizer que todo o projeto aconteceu também graças a uma construção coletiva, de muito afinco, dedicação e cooperação. Foi uma ação envolvendo tanto a universidade, reitores coordenadores de curso e nossa agência”, explica Moisés.

Representatividade

Além do presidente da Central Sicredi Brasil Central, Celso Figueira, outros nomes que se destacam na cooperativismo de crédito em Goiás irão participar da WOCCU (sigla em inglês). Com forte presença em Anápolis, a Sicredi Celeiro será representada pelo vice presidente da cooperativa, Claudio Regis Andrighetto Filho, juntamente com os conselheiros de administração, Amilson Alves Queiroz Filho e Antônio Gentil de Almeida.

Outro nome aguardado no evento é o do presidente da Sicredi Planalto Central, Pedro Caldas, cooperativa que se destaca no fomento ao agronegócio em Cristalina e região, além do Distrito Federal. Entre os nomes da Sicredi Cerrado Goiás estarão o presidente Zeir Ascari, o vice-presidente Marcelo Ribeiro, o diretor executivo Evandro Freo, e os conselheiros Sebastião Roduvalho e Aline Vilela. O encontro reúne mais de 5 mil representantes de mais de 50 países.

Neste ano, o Sicredi vai apresentar 11 projetos brasileiros para o World Council Young Credit Union People (WYCUP), programa internacional que premia jovens que realizaram contribuições significativas às suas cooperativas, com potencial de causar impacto global.

Pelo Brasil a fora

Com extensa programação, o Sicredi estará presente nas principais agendas da Conferência, representado por uma comitiva formada por 134 integrantes, entre dirigentes, executivos, colaboradores e associados. Um dos pontos altos do evento deste ano será a entrega do Distinguished Service Award à Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) em reconhecimento às contribuições da entidade para o desenvolvimento do cooperativismo no país. A honraria foi indicada pelo Sicredi ao WOCCU, por meio de um case que ilustrou a atuação da OCB em promover a disseminação do segmento.

No Future Forum, momento em que líderes das maiores cooperativas de crédito do mundo se reúnem para discussões sobre tendências do segmento, João Tavares, presidente executivo do Banco Cooperativo Sicredi, vai liderar um debate sobre Marcas Sistêmicas e Campanhas Publicitárias. As sessões de debates do Future Forum também contarão com a presença de Wellington Ferreira, presidente da Cooperativa Sicredi União PR/SP; Pedro Caldas, presidente da Cooperativa Sicredi Planalto Central; Angelita Cadona, presidente da Cooperativa Sicredi Alto Uruguai RS/SC/MG; Domingos Sousa, vice-presidente da Cooperativa Sicredi Celeiro MT e João Bezerra Júnior, presidente do Conselho de Administração da Cooperativa Sicredi Evolução, da Paraíba.

Manfred Alfonso Dasenbrock, presidente dos Conselhos de Administração da SicrediPar, da Central Sicredi PR/SP/RJ e conselheiro do WOCCU, estará presente na Conferência e ressalta que o evento é o principal momento de interconexão entre os cooperativistas em nível mundial.

“O cooperativismo de crédito é um modelo que está em plena expansão no mundo, principalmente em lugares onde chegou mais tarde, como a América do Sul e Ásia, por exemplo. Dados recentes divulgados pelo WOCCU revelam que já são quase 90 mil cooperativas de crédito e 260 milhões de adeptos ao redor do planeta e a Conferência Mundial do WOCCU é uma oportunidade para buscarmos soluções e trocarmos conhecimento sobre como podemos levar os benefícios da atuação focada no desenvolvimento das comunidades até um número ainda maior de pessoas”, explica Dasenbrock.

Dasenbrock também destaca que os momentos para networking durante a Conferência são oportunidades para apresentar ao mundo exemplos positivos do cooperativismo de crédito no Brasil e conhecer o que está sendo feito no mundo. Por isso, a agenda do Sicredi nas Bahamas inclui, um jantar organizado pela própria instituição para cerca de 300 convidados ligados ao segmento, entre eles Brian Branch e Steven Stapp, respectivamente, CEO e presidente do WOCCU. A programação do encontro contará com a palestra A quarta revolução industrial, reinventando empresas, ministrada por Vinicius David, líder de Produtos da HP, uma das maiores companhias de Tecnologia da Informação do mundo.

Na Conferência, o Sicredi também vai participar de sessões especiais de debates. Em uma delas, Manfred Dasenbrock tratará sobre sustentabilidade com o tema Tomando a Frente na Sustentabilidade – Fazer a coisa certa também é um bom negócio. Felipe Sessin, superintendente de Operações de Produtos do Sicredi, vai discutir Como a Tecnologia Cognitiva pode ajudar a fornecer um melhor serviço aos associados. Já Gisele Gomes e Ingrid Muller Costa, duas das 11 representantes do Sicredi no Global Women’s Leadership Network (GWLN) que estarão na conferência, vão debater – Inteligência Cultural e Diferenças Interculturais. Gisele Gomes ainda participará do painel O futuro das culturas cruzadas, países e pessoas: uma perspectiva profissional jovem. As agendas do Global Womens Leadership Network, terão foco em apresentações e debates para discutir a presença feminina no cooperativismo de crédito e na sociedade de forma geral.

Durante o evento do WOCCU, o Sicredi também vai destacar a força dos jovens no cooperativismo de crédito. Neste ano, a instituição vai apresentar 11 projetos brasileiros para o World Council Young Credit Union People (WYCUP). Em 2018, duas iniciativas de associados da instituição foram vencedoras no WYCUP. Na edição deste ano, os projetos inscritos pelo Sicredi evidenciam ações voltadas às áreas de educação, inclusão, sustentabilidade e liderança juvenil. Além disso, representantes do Sicredi apresentarão aos participantes do WYCUP o trabalho realizado pela instituição no Brasil com os Comitês de Jovens. A intenção é que a inciativa sirva de inspiração para que o modelo seja replicado mundialmente.

As inscrições da delegação do Sicredi na Conferência Mundial do WOCCU contaram com o apoio do SESCOOP.

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.