PublicidadePublicidade

Preso por assassinar enfermeiro em Anápolis morre na cadeia

Circunstâncias do caso serão apuradas pelo GIH da Polícia Civil

Da Redação -
(Foto: Reprodução)

O Instituto Médico Legal (IML) de Anápolis recolheu no início da noite deste sábado (17) no Centro de Inserção Social Monsenhor Luiz Ilc o corpo de Sadir Lima do Nascimento, de 43 anos.

Ele estava preso desde a manhã de sexta-feira (16) e foi encontrado morto pelos agentes prisionais. Não se sabe ao certo as circunstâncias da morte, mas suspeita-se que a vítima tenha sido assassinada por outros detentos.

O Grupo de Investigações de Homicídios da Polícia Civil (PC) está encarregado de elucidar o caso e já deu início as diligências.

Em tempo

Sadir era apontado como o responsável por tirar a vida do enfermeiro Wellington Adriano Ribeiro em maio de 2017, no Residencial Copacabana, bairro da região Sudoeste de Anápolis.

Ele havia fugido de uma clínica de recuperação de dependentes químicos e a família teria acionado a unidade de saúde mental para resgatá-lo.

Além de Wellington Adriano, outros dois enfermeiros foram esfaqueados por Sadir. Os profissionais, que sobreviveram, passaram várias semanas internados.

Após o crime, Sadir deixou o local e permaneceu mais de dois anos foragido – tendo sido localizado em Pirenópolis pelo GIH.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade