Portal 6

Municípios mais carentes terão preferência para receber incentivos fiscais em Goiás

(Foto: Lucas Diener)

Garantia é do governador Ronaldo Caiado, que ressaltou que o combate às desigualdades regionais é também meta prioritária de sua gestão

Durante participação nos programas jornalísticos O Mundo em Sua Casa e Fala Goiás em Rede, veiculados pelas emissoras de rádio da Agência Brasil Central, a RBC FM e Rádio Brasil Central AM, o governador Ronaldo Caiado assegurou que os incentivos fiscais concedidos a empresas no Estado vão estar alinhados, a partir de agora, com a necessidade real dos municípios.

“Nos últimos anos, tanto o dinheiro do FCO [Fundo Constitucional do Centro-Oeste], quanto os incentivos fiscais, não foram direcionados como deveriam ser para combater as desigualdades regionais e dar oportunidade de emprego à população mais carente”, disse, ao responder a pergunta de um ouvinte de Porangatu. “Não apenas a região Norte de Goiás, mas também o Nordeste, o Oeste goiano e o Entorno do Distrito Federal devem ter preferência agora”, complementou Caiado.

Desde que assumiu a gestão, há nove meses, essa é a 12ª vez que o governador participa de entrevistas nos estúdios das rádios que compõem o complexo da Agência Brasil Central (ABC), autarquia do governo estadual também composta pela TV Brasil Central e pelo Diário Oficial. Na manhã desta sexta-feira (06), Caiado foi entrevistado pelos jornalistas Gil Bonfim, Alcione Soares, Josiel Meneses, Viviane Gontijo, Débora Orsida, Luciano Almeida, Kamylla Rodrigues, entre outros profissionais da ABC, além de responder a perguntas dos ouvintes.

O governador também citou outras ações e iniciativas que visam combater as desigualdades regionais em Goiás e alavancar a economia dos municípios que mais carecem de políticas públicas e investimentos do setor privado. “O presidente Jair Bolsonaro autorizou, junto com a concessão da ferrovia Norte-Sul, a construção de um trecho de 330 quilômetros, que vai interligar a região de Mara Rosa até Água Boa, no Mato Grosso, o que traz desenvolvimento tanto para a região do Vale do Araguaia como para o Norte goiano. E tem mais: em novembro deve ser assinada a duplicação de 850 quilômetros da rodovia BR-153, partindo de Anápolis à Belém-Brasília, como é conhecida”.

Para Caiado, a meta de tornar Goiás um Estado mais igualitário e com qualidade de vida para todos os cidadãos só pode ser alcançada mediante parcerias com a iniciativa privada, com outros agentes públicos e a população. Ele citou o caso de Águas Lindas, onde esteve recentemente, e percebeu um acúmulo de sacolas plásticas jogadas em lotes baldios. “O prejuízo ambiental gerado por esse tipo de comportamento é enorme. A população tem que nos ajudar também e os gestores locais têm que fiscalizar com rigor”, cobrou.

O governador também destacou que uma parceria com a Campus Party, maior evento tecnológico do mundo que está sendo realizado em Goiânia, e com a Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco) vai possibilitar a implantação de 15 laboratórios de tecnologia e informática em Goiás. E Caiado já adiantou que onze deles vão para o Nordeste goiano e os outros quatro, para o Entorno.

Quando falou sobre o Entorno, além de reforçar o trabalho na Segurança Pública – como tem sido feito e até servido de inspiração para outros estados e para o resto do País –, o governador novamente destacou a importância do papel de cada cidadão para que a região não apareça apenas em estatísticas de crimes.

“É muito comum vermos pessoas emplacando carros em Brasília ou comprando produtos na capital federal. Gente, vamos pensar no retorno desses impostos e taxas, para que os municípios e o Estado de Goiás tenham condições de investir e suprir as necessidades da população do Entorno”, explicou.

Governo Federal

Ainda fizeram parte da pauta de entrevista as constantes visitas do presidente Jair Bolsonaro a Goiás para entregar benfeitorias à população local, bem como as dos ministros – nesta semana, por exemplo, o titular da pasta da Justiça, Sérgio Moro, esteve em Planaltina para a inauguração de um presídio e também em Goiânia; enquanto Marcelo Álvaro (Turismo) anunciou, na capital, mais de R$ 4 milhões para cinco municípios turísticos do Estado.

O combate à corrupção e à criminalidade, com apreensões recordes de drogas; o fim da crise no Hospital Materno Infantil; e o trabalho para que a Enel garanta energia elétrica de qualidade para todo o cidadão goiano também foram temas abordados pelo governador. O programa Fala Goiás em Rede é retransmitido para 27 emissoras de rádio do interior e que todo o conteúdo da entrevista também pode ser conferido nas plataformas digitais da ABC.

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.