PublicidadePublicidade

Em estrada vicinal de Anápolis, jovem foi executado com pelo menos oito tiros

Elucidação do caso deverá ser de muita dificuldade para o Grupo de Investigação de Homicídios

Da Redação -

Pele clara, magro, estatura mediana e várias tatuagens. Essas são as características do jovem assassinado no início da tarde desta segunda-feira (30) em uma estrada vicinal do Sítio Recreio Vale das Laranjeiras, bairro no extremo Sudoeste de Anápolis.

De acordo com o delegado Vander Coelho, que é titular do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) e esteve no local do crime, a vítima não portava documentos e, por isso, ainda não foi identificada.

No local, agentes do GIH constataram que o rapaz tem entre 20 e 30 anos e foi alvo de ao menos oito disparos de arma de fogo calibre 9mm.

Também há indícios que indiquem que a vítima não estava passando pelo local, mas foi arrastada até lá e executada.

A elucidação do homicídio, segundo Vander Coelho, deverá ser de extrema dificuldade, pois não há testemunhas, câmeras de segurança ou casas nas proximidades de onde o crime aconteceu.

O corpo do jovem foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) e agora o GIH aguarda a identificação dele, por meio de reconhecimento de familiares ou papiloscopia, para dar continuidade às investigações.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade