PublicidadePublicidade

Anápolis cria plataforma online de voluntariado inédita no país

Sistema conecta voluntários a instituições e entidades que precisam de ajuda. Ao final da ação, gera certificado ao participante

Da Redação -

Mais de 100 lideranças femininas de Goiás estiveram reunidas na noite de quinta-feira (10) em Anápolis para apresentação do programa Voluntários de Coração – que visa, de forma genuína, estimular o trabalho voluntário e a responsabilidade social no município. O evento foi promovido pela Prefeitura de Anápolis, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Renda.

Foi apresentado o voluntariosdecoracao.anapolis.go.gov.br, que interage voluntários e instituições públicas. O acesso à plataforma viabiliza a conexão de voluntários e instituições públicas, por meio da candidatura do interessado às vagas disponibilizadas em ações, campanhas ou serviços.

Ao final do processo, após cumprir os acordos firmados no termo de compromisso, o certificado de realização de serviço voluntário poderá ser emitido através de validação eletrônica. É um projeto planejado pela primeira-dama de Anápolis, Vivian Naves.

“O portal permite que os voluntários se conheçam, troquem experiências, divulguem suas ações. Com a ferramenta, eles encontrarão projetos de governo e das entidades que melhor se encaixam em seu perfil e disponibilidade de horário para o serviço voluntário”, diz Vivian Naves.

(Foto: Reprodução)

Tudo isso, graças à aprovação da Lei Municipal 3.954/2018, que regularizou esse tipo de trabalho.
Segundo a primeira-dama, a ideia surgiu após diversas visitas a instituições filantrópicas.

“Comecei a perceber que muitas pessoas querem ser voluntárias e não sabem como atuar. O bom de tudo é que todo mundo ganha, é uma troca”, destaca.

Esse sentimento é compartilhado por Mônica Hajjar, voluntária há mais de 20 anos no Núcleo de Assistência aos Portadores de Câncer de Anápolis – (Projeto Colméia).

“Tudo começou de casa, presto trabalho voluntário desde menina. Mas eu sempre digo que a satisfação é muito maior de quem voluntaria do que de quem recebe o carinho”, explica. Vale ressaltar que o programa envolve quaisquer pessoas físicas que possam doar sua habilidade e tempo para beneficiar o bem-estar do próximo.

A vereadora Elinner Rosa (MDB) disse que soube do esboço desse projeto há algum tempo. “Pesquisei  e não achei nada semelhante no país. Ao unir a tecnologia e o voluntariado vocês vão conseguir abraçar muito mais pessoas. Um projeto desse pode ser disseminado e mudar o mundo”, frisou.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade