Portal 6

Leitura da Bíblia em escolas públicas de Goiás é vetada por Caiado

(Foto: Reprodução/Alego)

Para o deputado autor do projeto, que também é pastor, proibir o livro é uma intolerância que leva ao preconceito

Foi vetada pelo governador Ronaldo Caiado (DEM) a proposta que incluiria a leitura da Bíblia Sagrada nas grade curricular das escolas públicas estaduais.

De autoria do deputado Jeferson Rodrigues (Republicanos), a matéria havia sido aprovada no último mês pelo Plenário da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego).

O projeto, no entanto, tramitava desde agosto março de ano passado. No texto original, as escolas particulares também estavam incluídas.

Contudo, essa não foi a razão que levou às modificações na proposta de Jeferson Rodrigues. Para evitar questionamentos na Justiça, o deputado transformou o projeto em complementar à Lei de Diretrizes e Bases local.

“A iniciativa não se contrapõe ao estado laico. Proibir a leitura bíblica nas escolas é uma intolerância que leva ao preconceito e um ato de discriminação”, ressaltou o parlamentar, que também é pastor evangélico.

Porém, a governadoria não teve esse mesmo entendimento. “O Estado neutral em questões de ensino religioso perde esses atributos ao programar a educação de certos segmentos da religião, com imposição do assunto a ser ministrado”, diz a justificativa do veto, que pode ser derrubado pela Alego.

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.