Portal 6

Contrariando a crise, Anápolis cresce no ranking dos 100 municípios mais ricos do país

(Foto: Reprodução)

Com grandes equipamentos a serem consolidados, como DAIA 2, DAIA Municipal, Aeroporto de Cargas e Ferrovia Norte-Sul, perceptiva é que a cidade se desenvolva ainda mais

Levantamento divulgado na última sexta-feira (13) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostrou que Anápolis segue entre os 100 municípios mais ricos do Brasil.

De acordo com o estudo de 2017, Anápolis, contrariando a crise, subiu quatro posições e agora ocupa o 65º lugar com um Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 14,2 bilhões.

O PIB se refere a soma de todos os produtos e serviços fabricados. Em Goiás, Anápolis fica abaixo apenas de Goiânia — que detém um PIB de R$ 49 bilhões. Nacionalmente a capital, ocupa o 14ª posição.

Além de Goiânia e Anápolis, Aparecida de Goiânia também está no ranking dos 100 maiores PIBs do país. Na 77ª posição, o município conta com 12,8 bilhões.

Perspectiva

Anápolis tem o segundo maior polo farmoquímico da América Latina. Conta também com o DAIA, que abriga diversas industrias e o Porto Seco, que permite que mercadorias sejam importadas ou exportadas com facilidade.

Moderno, com boa estrutura urbana e localização estratégica, o município deve se desenvolver ainda mais nos próximos anos com a consolidação do DAIA 2, do DAIA Municipal, do Aeroporto de Cargas e da Ferrovia Norte-Sul.

Quer comentar?

Comentários




Nosso Twitter

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.