Portal 6

Reinstalação de radares móveis causa mega congestionamento entre Goiânia e Anápolis

(Foto: Danilo Boaventura)

Equipamentos haviam sido recolhidos após despacho do presidente Jair Bolsonaro, mas a Justiça suspendeu a medida

Radares móveis começaram a ser reinstalados na BR-060, entre Anápolis e Goiânia, na manhã desta quarta-feira (18) e causaram um mega congestionamento na via.

Suspenso desde agosto em todo o país, a volta do uso de medidores de velocidade móveis e portáteis foi determinada pela Justiça Federal de Brasília.

Juiz da 1ª Vara Federal Cível, Marcelo Gentil Monteiro atendeu a um pedido liminar feito pelo Ministério Público Federal (MPF) — que argumentou que a falta dos radares pode causar danos à sociedade.

O prazo para a Polícia Rodoviária Federal (PRF) cumprir a decisão do magistrado vai até segunda-feira (23). No trecho da BR-060, entre Anápolis e Goiânia, os trabalhos devem ser finalizados ainda nesta quarta.

Em tempo

Os equipamentos móveis haviam sido recolhidos após despacho do presidente Jair Bolsonaro, que revogou atos administrativos sobre a atividade de fiscalização eletrônica de velocidade em rodovias e estradas federais.

A Advocacia-Geral da União (AGU) já anunciou que vai recorrer da decisão da Justiça Federal de Brasília. Os recursos deverão ser encaminhado ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1).

Quer comentar?

Comentários




Nosso Twitter

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.