PublicidadePublicidade

Flamenguista queria ter dia de princesa em Anápolis, mas acabou na cadeia

Segundo delegado, delito teria caído no princípio da insignificância, mas ela insistiu no erro

Da Redação Da Redação -
(Foto: Reprodução)

Jordana Cristina Souza dos Santos foi levada nesta sexta-feira (20) para o Centro de Inserção Social de Anápolis. É que ela confessou ter praticado seguidos furtos em lojas de moda do Centro da cidade.

De acordo com o delegado Cleiton Lobo, na quinta-feira (19), ela foi abordada por um segurança na saída de uma loja e, para apurar a suspeita que a mulher tinha cometido um crime, a Polícia Militar precisou ser acionada.

Junto dela foram encontrados vários produtos subtraídos da Acessorium, Nolita Fashion e Riachuelo, além de uma camiseta do flamengo sem nota fiscal.

PublicidadePublicidade

Ainda de acordo com o delegado, Jordana esperava os momentos em que percebia não estar sendo vigiada para pegar os objetos.

“Geralmente esses furtos incidem no principio da insignificância e nem flagrante é feito pela falta de tipicidade material do crime, mas como houve uma continuidade delitiva, ela afasta a aplicação desse princípio. Então, em razão disso, ela acabou sendo presa”, explicou em entrevista ao repórter Jonathan Cavalcante, da Rádio São Francisco.

A mulher foi autuada por furto continuado e, por isso, não teve direito a fiança.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade