Portal 6

Flamenguista queria ter dia de princesa em Anápolis, mas acabou na cadeia

(Foto: Reprodução)

Segundo delegado, delito teria caído no princípio da insignificância, mas ela insistiu no erro

Jordana Cristina Souza dos Santos foi levada nesta sexta-feira (20) para o Centro de Inserção Social de Anápolis. É que ela confessou ter praticado seguidos furtos em lojas de moda do Centro da cidade.

De acordo com o delegado Cleiton Lobo, na quinta-feira (19), ela foi abordada por um segurança na saída de uma loja e, para apurar a suspeita que a mulher tinha cometido um crime, a Polícia Militar precisou ser acionada.

Junto dela foram encontrados vários produtos subtraídos da Acessorium, Nolita Fashion e Riachuelo, além de uma camiseta do flamengo sem nota fiscal.

Ainda de acordo com o delegado, Jordana esperava os momentos em que percebia não estar sendo vigiada para pegar os objetos.

“Geralmente esses furtos incidem no principio da insignificância e nem flagrante é feito pela falta de tipicidade material do crime, mas como houve uma continuidade delitiva, ela afasta a aplicação desse princípio. Então, em razão disso, ela acabou sendo presa”, explicou em entrevista ao repórter Jonathan Cavalcante, da Rádio São Francisco.

A mulher foi autuada por furto continuado e, por isso, não teve direito a fiança.

Quer comentar?

Comentários




Nosso Twitter

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.