PublicidadePublicidade

GIH confirma que motociclista morreu durante a madrugada em Anápolis

Causa do óbito terá de ser investigada após descoberta da Polícia Técnico-Científica

Da Redação Da Redação -
PublicidadePublicidade

O Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) tem um novo desafio nas mãos: descobrir se um homem foi realmente assassinado na madrugada desta sexta-feira (07), na Avenida Presidente Kennedy, em Anápolis.

Segundo o delegado Wlisses Valentim, as informações iniciais davam conta de que a vítima, que não teve a identidade confirmada, estava pilotando uma moto vermelha e acabou batendo na traseira de um caminhão.

O óbito teria sido provocado pela força da colisão e o Instituto Médico Legal (IML) se deslocou até a cena do acidente para fazer o recolhimento do corpo.

PublicidadePublicidade

Durante o dia, no entanto, a equipe da Polícia Técnico-Científica ligou para o GIH para informar que, estranhamente, o motociclista estava com um projétil de arma de fogo na cabeça.

“Agora vamos instaurar um inquérito, levantar câmeras de segurança e apurar se realmente houve algum disparo. Tem gente que leva tiro e o projétil permanece, então por algum motivo pode ter sido algo de outra ocasião. Agora temos que ouvir a família e investigar. Tudo indica que houve um homicídio”, explicou o delegado ao Portal 6.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade