Portal 6

Papa pede às pessoas que evitem sentir-se solitárias e se apeguem à fé

(Foto: Reprodução)

Para Francisco, será uma Páscoa diferente, em que todos terão de celebrar de casa

“O drama que estamos passando obriga-nos a levar a sério o que conta, a não nos perdermos em coisas insignificantes”, declara o papa Francisco sobre a situação atual de pandemia.

Porque a vida é medida a partir do amor. Em casa, nesses dias sagrados, vamos apresentar-nos diante de Jesus crucificado, que é a medida do amor que Deus tem por nós”, completa.

“Para o papa, será uma Páscoa diferente, em que todos terão de celebrar de casa. Ele pede às pessoas que evitem sentir-se solitárias e se apeguem à fé nesses tempos difíceis.

“Quando nos sentimos entre uma rocha e um lugar difícil, quando nos encontramos num impasse, sem luz e sem escapatória, quando parece que nem mesmo Deus responde, lembremos que não estamos sozinhos”, afirma.

“Hoje, no drama da pandemia, diante de tantas certezas que desmoronam, diante de tantas expectativas traídas, com o sentimento de abandono que oprime os nossos corações, Jesus diz a cada um: coragem, abra seu coração ao meu amor. Você sentirá o conforto de Deus, que o sustenta “, acrescenta.

Francisco pede aos fiéis de todo o mundo que entrem em contato com quem sofre, “quem está sozinho e necessitado”, e envia uma mensagem aos mais jovens: “Olhem para os verdadeiros heróis que vêm à luz hoje em dia. Eles não são os que têm fama, dinheiro e sucesso, mas são os que se dão para servir aos outros”.

Quer comentar?

Comentários