PublicidadePublicidade

Em nome de Deus, mulher é mantida em cárcere privado com fome e sede em Anápolis

Sobrinha que denunciou o caso afirma que filhos da vítima estão com medo e que responsável diz ter recebido um "chamado divino"

Da Redação -

Uma jovem de 29 anos, moradora do Jandaia I Etapa, procurou a Delegacia Especializada no Atendimento ao Idoso (DEAI) de Anápolis, nesta terça-feira (04), para denunciar uma situação grave.

Ela afirma que uma tia, uma senhora de 58 anos, está sendo mantida em cárcere privado, com fome e sede, por uma parente.

Esta parente teria dito que recebeu um “chamado divino” para cometer o ato e que só fornecerá comida e água para a vítima quando “Deus ordenar”.

PublicidadePublicidade

A tia, segundo a jovem, tem dois filhos que estão muito preocupados. Isso porque a mulher já teria feito o mesmo com outra idosa, que acabou morrendo.

Um rapaz, que supostamente sabe o endereço em que a suspeita está escondida com a vítima, também já teria dito à família que não vai contar onde elas estão, porque “Deus ordenou” que fosse assim.

A jovem sustenta que já foi alvo da mulher e que, se for necessário, poderá dar detalhes sobre o cárcere. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade