PublicidadePublicidade

“Sentimos essa tragédia como se fosse em nosso território”, diz Bolsonaro sobre explosão em Beirute

Presidente destacou que o Brasil abriga a maior comunidade de libaneses do mundo. Mais de 70 mortos já foram contabilizados

Da Redação Da Redação -

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) lamentou nesta terça-feira (04) a explosão que aconteceu em Beirute, capital do Líbano, e deixou mais de 70 mortos e mais 2.700 feridos.

Em sua conta pessoal no Twitter, o mandatário disse estar profundamente triste com as cenas.

“O Brasil abriga a maior comunidade de libaneses do mundo e, deste modo, sentimos essa tragédia como se fosse em nosso território. Manifesto minha solidariedade às famílias das vítimas fatais e aos feridos”, escreveu.

PublicidadePublicidade

A explosão ocorreu por volta das 18h no horário local. Feridos chegaram a ser levados para hospitais fora de Beirute.

O ministro do Interior do Líbano disse ao canal de televisão Al Jadeed que nitrato de amônio era armazenado no porto desde 2014.

Israel, que já travou diversas guerras contra o Líbano, negou qualquer tipo de envolvimento e ofereceu ajuda.

“Eu prometo que esta catástrofe não passará sem que os culpados sejam responsabilizados”, disse o primeiro-ministro, Hassan Diab, em pronunciamento ao país.

“Os responsáveis pagarão o preço”, disse em um discurso televisionado, acrescentando que os detalhes do “perigoso depósito” que explodiu seriam tornados públicos.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade