PublicidadePublicidade

Machucada e cansada de sofrer, garotinha de Anápolis decide denunciar atrocidades do pai

Insegurança dentro de casa era contínua e um ventilador fora do lugar foi a gota d'água para ela

Da Redação -
DPCA de Anápolis. (Foto: Danilo Boaventura)

Uma garotinha de 11 anos, moradora do Residencial Vila Feliz, região Leste de Anápolis, acionou o Conselho Tutelar nesta quarta-feira (02) para fazer um pedido desesperado de socorro.

Quando o conselheiro chegou no endereço, encontrou a criança com várias lesões nas pernas e nas costas, que teriam sido provocadas pelo pai dela.

A garota estava acompanhada da mãe, que contou que o companheiro espancou a filha apenas porque ela tirou o ventilador do lugar e não devolveu.

Segundo a genitora, as agressões contra a menina são frequentes, mas que nunca registrou nenhuma ocorrência porque tem medo de que algo pior aconteça.

Isso porque, além de ser violento com a filha, a esposa também seria alvo de espancamentos e ameaças constantes por parte do suspeito.

O caso deverá continuar sendo acompanhado pelo Conselho Tutelar e a investigação de maus-tratos ficará sob a responsabilidade da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA).

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade