PublicidadePublicidade

Roberto ficou mais pobre após ser prefeito, declarou ao TSE o candidato à reeleição

Essa é primeira reportagem da série do Portal 6 que repercutirá o patrimônio dos que disputarão a Prefeitura de Anápolis

Carlos Henrique Carlos Henrique -

Desde que assumiu a Prefeitura de Anápolis, em 2017, o candidato à reeleição ao cargo, Roberto Naves (PP), ficou mais pobre. É o que mostra a declaração dele ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Responsável pela gestão de um orçamento de quase de R$ 2 bilhões por ano, Roberto viu o patrimônio pessoal encolher em 17,3%, num total de a menos R$183 mil se comparado à campanha de 2016.

Naquele pleito, ele declarou R$ 1.057.152 em bens. Já neste ano, o prefeito enviou documentos ao TSE que comprovam um patrimônio avaliado em R$ 873.457.

PublicidadePublicidade

Carro de luxo

A perda de patrimônio do pepista pode ser notada com a provável venda de um carro com valor venal de R$179.000,00.

O Mercedes Benz modelo Cla 250 já não aparece mais entre as posses do candidato à reeleição.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade