PublicidadePublicidade

Vaquinha virtual é criada para ajudar trabalhadora a devolver tijolos a Valeriano Filho

Em áudios que viralizaram no país, cerimonialista joga na cara da mulher a doação que havia feito: 'dá vontade de ir aí e quebrar um por um na sua cabeça'

Da Redação Da Redação -

Uma vaquinha virtual foi criada por amigos para ajudar Maria José de Souza Marques, de 54 anos, a devolver os tijolos que ganhou do cerimonialista Valeriano Filho, que a humilhou em áudios que viralizaram no país.

Em um dos trechos das gravações, o homem joga na cara da trabalhadora anapolina que um dia havia doado o material de construção para ela.

“Dá vontade de ir aí e quebrar tijolo por tijolo na sua cabeça. Vai fazer mocotó que é comida de pobre. Isso que você sabe fazer”, disse Valeriano após receber o aviso de que Maria José não poderia realizar a faxina nesse dia.

PublicidadePublicidade

“Tenho ódio de me misturar com gentalha como você. No dia que eu te ver na rua, vou cuspir nessa cara horrorosa sua”, completou o cerimonialista, que antes chamou a mulher de “lixo” e outros adjetivos lamentáveis.

Maria José mora no Residencial Leblon e faz faxinas como uma forma de complementar a renda. A atividade principal da trabalhadora é numa lanconhete, onde além de limpar ela também cozinha.

“A vaquinha é para juntar o dinheiro e devolver os tijolos que o [Valeriano] me deu, já que ele os pediu de volta e, consequentemente, tentar levantar o muro da minha casa pois não tenho segurança alguma”, diz a campanha.

A meta é arrecadar R$ 20 mil e a prestação de contas será pública por meio das redes sociais. Acesse a vaquinha virtual aqui.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade