PublicidadePublicidade

Réveillon de Neymar terá 150 pessoas e cumprirá normas sanitárias, diz organizadora

Anteriormente, a assessoria do jogador havia negado que ele faria a festa

Folhapress Folhapress -
Neymar pousando para selfie (Foto: Reprodução)

Sem citar o jogador Neymar, a agência Fábrica publicou na noite de domingo (27) uma nota de esclarecimento em que confirma a realização de um evento de Réveillon na região da Costa Verde, no Rio de Janeiro. Segundo a empresa, a festa “receberá aproximadamente 150 pessoas”.

No comunicado, a agência afirma ainda que o evento é privado, “com acesso exclusivo para convidados e sem venda de ingressos”. “[…] Acontece com todas as licencas dos orgaos competentes necessarias para a sua realizacao”, diz.

O esclarecimento veio após uma grande repercussão negativa nas redes sociais e na imprensa internacional sobre a celebração em momento crítico da pandemia do novo coronavírus no Brasil, e que teria como principal idealizador o jogador Neymar, 28.

PublicidadePublicidade

Segundo o colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo, a festa do atacante na cidade Mangaratiba começou na sexta (25) e vai até a virada do ano. Ainda de acordo com o jornalista, Neymar contratou uma banda para tocar diariamente para seus convidados, que seriam em torno de 500.

De acordo com o jornal Extra, Neymar alugou uma casa no valor de R$ 6.000 a diária para o Réveillon ao lado da mansão que possui na cidade e que estaria em obras. Promover aglomerações contraria as orientações das agências de saúde devido à recente alta de contaminação e mortes provocadas pelo novo coronavírus. Neste domingo (27), o Brasil já superava os 191 mil óbitos e acumulava 7,4 milhões de infectados pela doença.

Procurada pela reportagem, a assessoria de Neymar não se pronunciou até a conclusão deste texto. A Prefeitura de Mangaratiba também foi questionada se o evento tem autorização para ser realizado, mas não respondeu.

Em comunicado do dia 23 de dezembro, a prefeitura da cidade informa que todos os eventos públicos estão cancelados, e as queimas de fogos “expressamente proibidas”. A administração municipal também afirma que estão suspensos os eventos que necessitam de prévia autorização da prefeitura para acontecer e proibidas todas as atividades nas areias das praias do município, como luais, por exemplo.

“Também não será permitido ter música ao vivo ou eletrônica em estabelecimentos comerciais, privados ou de concessão. Já os eventos que não dependem de prévia autorização da Prefeitura só estarão liberados com restrição de lotação e cumprimento das medidas sanitárias previstas em decretos municipais”, diz o comunicado.

Outras festas

O jogador não é o único a contrariar as recomendações durante a pandemia. O influenciador Carlinhos Maia também promoveu uma festa de Natal, no dia 19 de dezembro, em sua cidade natal em Alagoas. O evento lhe rendeu críticas de famosos e anônimos.

Carlinhos Maia respondeu a algumas delas com palavrões. Já a cerimonialista da festa, Aninha Souza, classificou as notícias de contaminados como falsa: “Falamos com todos os fornecedores e seus colaboradores. Tive feedback positivo de todos eles”, afirmou em vídeo. “Não adianta vocês quererem destruir uma coisa que foi feita para o bem de muitas pessoas”, defendeu-se.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade