PublicidadePublicidade

Vereadora de Anápolis promoveu festa no dia em que a cidade quase entrou em lockdown

Caio Henrique Caio Henrique -

O último sábado (27) foi marcado como um dos dias mais críticos para a saúde de Anápolis.

É que, apenas nesta data, a cidade registrou mais três mortes e um recorde de ocupação dos leitos de UTI, a ponto de quase entrar no status de lockdown.

Isso não aconteceu devido a uma intervenção, às pressas, da Santa Casa, que forneceu dez leitos extras, suficientes para manter o município no estado moderado da matriz de risco.

PublicidadePublicidade

Porém, a situação geral não pareceu impactar uma das residências da rua Maximiliano Alves da Cunha, no Jundiaí.

Lá, a vereadora Thaís Souza (PP), junto de diversos outros convidados, celebraram o aniversário do pai da representante da causa animal, que completou 72 anos na ocasião.

Imagens gravadas por uma servidora do gabinete da parlamentar, e compartilhadas publicamente nas redes sociais, mostraram alguns momentos da comemoração, que teve até música ao vivo para embalar a festividade.

Apesar de não se tratar de uma infração, devido ao fato do estado moderado ter se mantido e, enquanto em vigor, permitir a realização de festas de cunho familiar até 50 pessoas, o caso ainda chamou muita atenção.

Isso porque a gravidade cada vez maior do avanço da pandemia e os pedidos de “consciência” vindos do próprio prefeito, Roberto Naves (PP), retratam o momento delicado pelo qual a saúde da cidade passa.

A reportagem buscou contato com a vereadora para comentar o episódio, porém, o número caiu constantemente na caixa postal.

O espaço segue aberto para quaisquer pronunciamentos sobre o acontecido, caso a parlamentar opte por se posicionar.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade