PublicidadePublicidade

Após um ano ouvindo ruídos estranhos, família descobre que dividia casa com cobra gigante

Avatar Rafaella Soares -
PublicidadePublicidade

Voltou a viralizar nesta semana, nas redes sociais, o caso intrigante de uma família australiana que descobriu, em dezembro de 2020, que dividia a casa com uma píton gigante há mais de um ano.

Imagens feitas e divulgadas pela dona da residência, Peta Norton, mostram o momento assustador em que o réptil desceu por uma janela para procurar um novo abrigo.

Desde 2019, a família já ouvia ruídos estranhos no telhado da residência, mas não sabia do que se tratava. Em algumas ocasiões, o marido de Peta chegou a brincar que deveria morar alguma cobra por lá.

O que ninguém esperava mesmo era perceber que realmente havia uma píton abrigada no local. Ela já tinha cerca de três metros de comprimento.

Mesmo com o susto, Peta deixou o animal silvestre ir embora sozinho, já que a casa em que vive fica nas proximidades de uma área de preservação ambiental, e depois fechou o buraco do telhado, para evitar novas visitas indesejadas.

A píton que estava na residência era uma diamante. Elas não são venenosas, mas possuem mordidas muito dolorosas. Normalmente, matam as presas usando a força para moer os ossos.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade