PublicidadePublicidade

Atitude de amigo bêbado foi o motivo de homem ser assassinado com cinco tiros em Anápolis

Da Redação Da Redação -

Policiais do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Anápolis cumpriram na manhã desta quinta-feira (04) um mandado de prisão temporária contra um jovem de 20 anos.

Ele confessou ser o autor do homicídio qualificado contra Edfran de Souza Silva, de 30 anos, no dia 1º de novembro do ano passado, na Vila Esperança.

A corporação descobriu que, na ocasião, a vítima estava bebendo em um bar com amigos, quando um dos jovens que estava com ele atravessou a rua para urinar.

PublicidadePublicidade

O homicida confesso viu toda a cena e ficou revoltado, porque um dos familiares dele teria visto a genitália do rapaz.

Autor confesso do crime. (Foto: Divulgação / GIH)

Houve uma discussão no local e, para evitar maiores problemas, Edfran saiu do bar a pé com os colegas. No entanto, foram perseguidos pelo autor, que foi até em casa para pegar uma arma de fogo.

A vítima levou cinco tiros na cabeça e nas costas. Os outros amigos nada sofreram, incluindo o que urinou perto da casa do atirador.

Ele já tem passagens por extorsão e foi recolhido para o Centro de Inserção Social Monsenhor Luiz Ilc, a cadeia pública da cidade.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade