PublicidadePublicidade

Pastores e padres participam de sessão remota da Câmara de Anápolis

Intuito dos líderes religiosos foi garantir cultos e missas presenciais mesmo quando houver lockdown

Avatar Danilo Boaventura -
(Foto: Divulgação)

Atualizada às 13h30

Iniciada às 09h desta terça-feira (06), a sessão remota da Câmara Municipal que votou em primeiro turno o projeto de Lei que torna a atividade religiosa como essencial em Anápolis contou com uma “novidade”.

Como adiantado pelo Portal 6, cerca de 15 pastores e 15 padres, por autorização da Presidência daquele poder, participaram da transmissão.

PublicidadePublicidade
PublicidadePublicidade

Eles puderam acompanhar apenas como internautas ou ouvintes, mas a presença deles foi costurada para que a aprovação da lei em primeiro turno fosse feita de forma unânime entre os vereadores.

Como esperado, realmente, não houve nenhum voto contrário.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade