PublicidadePublicidade

Dançarina é assassinada com 10 tiros após fazer comentário nas redes sociais

Ela comentou em um dia e foi executada no seguinte. Cena foi registada por câmera de segurança

Da Redação Da Redação -
(Foto: Reprodução / Redes Sociais)

Uma dançarina de 24 anos, identificada como Juciene Sampaio Bastos, mais conhecida como Juju Tempestade, foi assassinada a tiros após fazer um comentário em uma rede social.

A informação foi confirmada nesta sexta-feira (14) pela Polícia Civil de Feira de Santana, na Bahia, onde o crime foi registrado.

Tudo teria acontecido depois que um jovem integrante de uma facção criminosa, Brendo Brito dos Santos, também de 24 anos, foi morto na última quarta-feira (12).

PublicidadePublicidade

Na ocasião, a dançarina, que teria sido da mesma facção e mudado recentemente para uma inimiga, passou a fazer comentários sobre a morte dele.

“‘Depois da morte de Brendo, ela fez comentários depreciativos sobre a morte dele e isso gerou acirrou a animosidade entre os dois grupos. Por isso, ela foi morta”, explicou o delegado Rodolfo Faro, ao G1.

(Foto: Reprodução / Redes Sociais)

No dia seguinte, um homem parou com uma motocicleta em frente a casa de Juju Tempestade. Ele esperou ela virar de costas e a alvejou com cerca de 10 disparos. A cena foi registrada por câmeras de segurança.

A jovem morreu antes mesmo da chegada do socorro e o corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML).

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade