PublicidadePublicidade

Bombeiros de Anápolis fazem viagem de 25 km para socorrer criança em apuros

Menina prendeu um objeto semelhante a um anel em um dos dedos e estava no hospital

Denilson Boaventura Denilson Boaventura -
(Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)
PublicidadePublicidade

A distância de 25 km entre Anápolis e Goianápolis não foi empecilho para o Corpo de Bombeiros, que deslocou até o município vizinho nesta terça-feira (08) para socorrer uma criança em apuros.

A menina, de quatro anos, prendeu um objeto semelhante a um anel em um dos dedos, que estava inchado e provocando muitas dores.

Foram os médicos que chamaram os militares porque também não conseguiram retirar o acessório causador do incômodo.

PublicidadePublicidade

(Foto: Divulgação)

Segundo o Corpo de Bombeiros, casos assim são delicados e a corporação tem equipes capacitadas para realizar o corte de objetos presos a partes do corpo.

“Ao chegarmos no local, acalmamos a vítima e iniciamos o corte do objeto de forma segura e devagar – já que o atrito entre os dois aumenta a temperatura podendo causar queimaduras”, explicou.

“Sendo assim, sempre utilizamos água para resfriar e prosseguimos até a retirada do anel – sem que trouxesse algum dano à criança”, complementou.

(Foto: Divulgação)

Após o procedimento de sucesso, a menina foi deixada aos cuidados médicos junto à família e os bombeiros retornaram para Anápolis.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade