PublicidadePublicidade

Homem morre após ser brutalmente espancado pelos parentes da amante

Ele ainda conseguiu contar tudo para a esposa antes de passar mal e perder os sinais vitais

Da Redação Da Redação -
(Foto: Divulgação / PCMG)

Está repercutindo nas redes sociais a morte de Ivanir Vieira, de 53 anos, que foi atacado pela família da amante e não resistiu, nesta segunda-feira (07). O caso aconteceu em Belo Oriente, em Minas Gerais.

Segundo o Portal BHAZ, a esposa dele relatou à Polícia Militar que o companheiro saiu de casa no final do domingo (06), depois de ser contratado para levar uma mulher para uma cidade vizinha.

A amante, com quem mantinha um relacionamento extraconjungal há mais de 20 anos, teria aproveitado para ir na viagem e, após deixarem a passageira no local indicado e não esperá-la voltar, os dois foram para a casa da filha dela.

PublicidadePublicidade

Assim que os dois chegaram no imóvel, Ivanir começou a ser agredido com socos e pontapés por quatro homens. Eles seriam filho, sobrinho e genros da amante.

O homem ainda conseguiu voltar para casa e chegou de madrugada, muito agitado e com ferimentos no rosto. Ele contou para a esposa sobre a violência e se deitou. Neste momento, começou a ter crises convulsivas.

Vizinhos foram chamados para ajudar enquanto o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) era acionado. Mesmo assim, Ivanir já não tinha mais sinais vitais quando os socorristas chegaram.

Três dos quatro envolvidos no ataque foram presos, sendo que um confessou o crime e afirmou ter tido a ajuda dos demais. Eles, porém, voltaram atrás e desmentiram as agressões assim que souberam da morte do homem.

O motivo da óbito deverá ser constatado pelo laudo cadavérico e o caso já está sendo investigado pela Polícia Civil.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade