PublicidadePublicidade

Está preso o falso policial federal que enganou militares da Operação Lázaro

Agora, ele responderá por falsidade ideológica e usurpação da função pública

Da Redação Da Redação -
(Foto: Pedro Ladeira/ Folhapress)

O caso Lázaro segue dando o que falar, mesmo quando o próprio criminoso não alcança as manchetes.

A última da vez ocorreu na noite de sábado (19) e foi protagonizada por um jovem, de 23 anos, que se identificou como um Policial Federal para integrar a equipe que busca localizar o serial killer, responsável por uma série de crimes no Distrito Federal e em Goiás.

Tudo começou quando o suspeito abordou equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na BR-070, na altura do município de Cocalzinho de Goiás, dizendo fazer parte da força-tarefa da Polícia Federal e que estava atrasado.

PublicidadePublicidade

Ele ainda teve a coragem de ir até o pelotão da Polícia Militar de Goiás (PMGO) e solicitar apoio para uma suposta ocorrência de embriaguez na zona rural.

Para azar dele, a equipe da PRF desmascarou o personagem assim que ele voltou com os policiais para o ponto de apoio da Operação Lázaro.

Lá, ele foi preso em flagrante e conduzido por uma equipe conjunta da PMGO, PRF e PF à polícia judiciária.

Agora, o jovem responderá por falsidade ideológica e usurpação da função pública.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade