PublicidadePublicidade

Grávida é a primeira vítima fatal no Brasil da variante oriunda da Índia

Mulher precisou ser internada no dia 15 de abril e, devido ao agravamento dos sintomas, três dias depois, passou por uma cesariana de emergência e morreu no mesmo dia

Folhapress Folhapress -
(Foto: Reprodução)

Waleska Borges, do RJ – O Ministério da Saúde confirmou, neste domingo (27), a morte de uma gestante de 42 anos com a variante Delta da Covid-19. A mulher veio do Japão para Apucarana, no norte do Paraná. O óbito ocorreu em 18 de abril, após a paciente ser submetida a uma cesárea de emergência, à qual ela não resistiu.

A variante Delta foi inicialmente identificada na Índia e é tida como uma variante de preocupação, pelo seu maior potencial de contágio.

De acordo com a Sesa (Secretaria de Estado da Saúde do Paraná), a mulher era residente no Japão e chegou ao Brasil no dia 5 de abril. A secretaria diz que a gestante realizou coleta para exame PCR antes de embarcar, tendo resultado negativo para a doença. Dois dias após sua chegada no Brasil, em 7 de abril, ela apresentou sintomas respiratórios e fez um novo exame, que foi positivo.

PublicidadePublicidade

A mulher precisou ser internada no dia 15 de abril e, devido ao agravamento dos sintomas, três dias depois, passou por uma cesariana de emergência e morreu no mesmo dia. Conforme a Sesa, o recém-nascido, prematuro de 28 semanas, ficou internado até o dia 18 de junho e não teve infecção por Covid-19.

Atualmente, o bebê está saudável e segue em acompanhamento. Os demais integrantes da família da gestante também não desenvolveram a doença. De acordo com o governo do Paraná, esse foi o segundo caso da cepa B.1.617 no estado.

Segundo a Sesa, a gestante era amiga próxima da filha da primeira pessoa confirmada com a variante Delta no Paraná. “Esta filha confirmou que foi visitá-la no dia 07 de abril. Ela teve Covid-19 confirmado, mas fez teste de antígeno (farmácia), não sendo possível realizar análise genética desta pessoa, mas sim de alguns de seus familiares. A Sesa aguarda o resultado de outras duas pessoas desta família. Elas permanecem sob vigilância do município”, diz a Sesa.

De acordo com o Ministério da Saúde, foram registrados dois óbitos no Brasil por Covid-19 pela variante Delta. A pasta foi notificada neste sábado (26) da morte de um paciente, de 54 anos, tripulante do navio chinês MVS Shandong da ZHI. O homem estava internado há 43 dias, na rede privada de saúde em São Luís (MA).

No navio em questão, em maio, foram identificados tripulantes com a variante Delta.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade