PublicidadePublicidade

Assassinato de médico, que chocou Anápolis há 13 anos, ainda está sendo investigado pela Polícia Civil

Hipótese de crime passional foi a mais aventada à época, uma vez que profissional não tinha inimigos públicos nem antecedentes

Avatar Danilo Boaventura -
Grupo de Investigação de Homicídios, na sede da 3ª Delegacia Regional de Polícia Civil, em Anápolis. (Foto: Danilo Boaventura)

O inquérito que investiga o assassinato do pneumologista anapolino Ilion Fleury Júnior, ocorrido em junho de 2008, na porta da Santa Casa, ainda está aberto na Polícia Civil.

A informação é da assessoria de comunicação do órgão.

A hipótese de crime passional foi a mais aventada à época, uma vez que o médico de 54 anos não tinha inimigos públicos nem antecedentes.

PublicidadePublicidade

Várias foram as pessoas intimadas para prestar depoimento, mas nenhum suspeito chegou a ser preso.

Uma reportagem do extinto Canal 5 mostrou as movimentações iniciais do pós-homicídio, que chocou a cidade devido à premeditação do crime.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade