PublicidadePublicidade

Caiado dá posse ao reitor eleito da UEG e defende a autonomia da instituição

Em decisão inédita, governador também nomeou todos os mais votados para os cargos de direção da universidade

Da Redação Da Redação -
(Foto: Reprodução)

O governador Ronaldo Caiado (DEM) empossou nesta terça-feira (03) Antônio Cruvinel como novo reitor da Universidade Estadual de Goiás (UEG), sediada em Anápolis.

Eleito em primeiro lugar em 24 de junho, com 36,07% dos votos da comunidade acadêmica, o professor estará à frente da instituição por um mandato de quatro anos. Participaram das eleições na universidade, realizadas para a formação de lista tríplice, cinco candidatos.

“Eu respeito a autonomia dos poderes. Vocês jamais verão ingerência política do governador na autonomia universitária da UEG”, disse Caiado aos professores e professoras da instituição.

PublicidadePublicidade

O governador também sugeriu uma maior integração entre o corpo docente e as ações de governo, que podem ser alavancadas com a contribuição de diversas áreas dentro da UEG.

“Tenham o governo como ponto de apoio em tudo que for necessário, respeitando as suas prerrogativas. Vamos criar um clima de que, em Goiás, nós temos que viver de mãos dadas a fim de oferecermos melhor resultado para a população”, destacou.

O recém-empossado reitor disse que, pela primeira vez, pode testemunhar o respeito total à vontade da comunidade “UEGeana” com a nomeação de todos que tiveram a maior votação.

Além do reitor, foram eleitos os diretores dos institutos acadêmicos de Educação e Licenciaturas, Ciências da Saúde e Biológicas, Ciências Tecnológicas, Ciências Sociais Aplicadas e Ciências Agrárias e Sustentabilidade.

“Os que nascem em Goiás ou os que escolheram este Estado como berço de sua formação superior terão, por parte da UEG, o compromisso de fornecer o ensino de qualidade para que possam alcançar seus sonhos”, pontuou Cruvinel.

O vice-governador Lincoln Tejota (Cidadania) falou sobre o novo momento em que vive a instituição. “As respostas para os problemas saíram da ciência, saíram da pesquisa. É tempo de retornarmos esse brilho para a UEG”, apontou.

Já secretário-geral de Governo, Adriano da Rocha Lima, ressaltou que a decisão de Caiado de nomear os mais bem votados reestabeleceu, de forma ampla, a democracia dentro da universidade.

Capilaridade

A UEG está presente em 196 municípios, oferece 41 graduações, 16 mestrados e dois doutorados. Atende mais de 23 mil alunos de graduação, sendo que, aproximadamente 7 mil, são discentes de cursos ofertados na modalidade de ensino a distância (EaD) e 600 são de pós-graduação.

Do total de estudantes universitários, 86% são oriundos de escolas públicas. No interior de Goiás, a UEG é a instituição que mais oferece Programas de Pós-graduação Stricto Sensu (PPGSS), e a segunda maior em números totais de PPGSS.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade