PublicidadePublicidade

O caso macabro de idosa acusada de esquartejar e concretar na parede o corpo do marido

Os dois estavam juntos há 30 anos e bombeiros tiveram muito trabalho para recuperar os restos mortais

Da Redação Da Redação -
(Foto: Reprodução/ TV Globo)

Uma ocorrência bizarra chocou a população de Ribeirão das Neves, município da Região Metropolitana de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais.

Isso porque, nesta terça-feira (31), uma idosa de 70 anos foi presa pelas autoridades locais, suspeita de matar o marido, esquartejar o corpo e então concretar os restos mortais na parede.

De acordo com o G1, a vítima tinha 66 anos e estava casado com a mulher pelos últimos 30 anos.

PublicidadePublicidade

A motivação do crime ainda não foi descoberta, porém, a suspeita é de que ele tenha sido morto há cerca de 20 dias.

O Corpo de Bombeiros teve bastante trabalho para recuperar as partes do corpo escondidas na cova da parede.

Picaretas, enxadas e pás foram algumas das ferramentas utilizadas pela corporação para recuperar os restos mortais, que depois foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML).

Já a idosa foi levada para a delegacia local e será investigada pela Polícia Civil.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade