PublicidadePublicidade

Funcionário de frigorífico morre ao cair em máquina de misturar hambúrguer

Caso ocorreu no domingo (29), na unidade da JBS Seara Alimentos

Folhapress Folhapress -
Rodrigo Roa Alvares, 37, teve partes do corpo trituradas pelo equipamento (Foto: Reprodução)

Katna Baran, do PR – O funcionário de um frigorífico de Dourados, região sul de Mato Grosso do Sul, morreu após cair em uma máquina de misturar hambúrgueres. O caso ocorreu no domingo (29), na unidade da JBS Seara Alimentos.

A vítima foi identificada como Rodrigo Roa Alvares, 37. Segundo a ocorrência registrada pela polícia, ele tinha mais de dez anos de experiência como mecânico.

De acordo com a apuração, ele e outro colega estavam fazendo a manutenção da máquina misturadora de hambúrgueres, com a troca de rolamentos e embuchamentos do equipamento.

A testemunha afirmou que, ao terminar o trabalho, Rodrigo ligou a máquina e gravou com seu celular um vídeo do equipamento em funcionamento. Ele então teria pedido ao colega que juntasse as ferramentas, pois já iriam embora, desligou o aparelho, e entrou novamente no misturador para fazer alguns ajustes finais.

O colega de Rodrigo disse à polícia que estava fechando a tampa debaixo da máquina quando ouviu gritos. Ele contou que tentou deligar o aparelho, mas só conseguiu depois de cortar a chave com um alicate, já que a misturadora estava sem a trava de segurança. A testemunha não soube informar em qual momento o cadeado foi retirado.

Rodrigo teve partes do corpo trituradas pelo equipamento e morreu na hora.

Uma mulher fazia a limpeza do local no momento do acidente, mas não pôde ser ouvida pela polícia, pois estava em estado de choque.

Em nota, a JBS confirmou a morte do colaborador e disse que está prestando assistência e suporte à família. Afirmou ainda que está fornecendo as informações para esclarecer o ocorrido e que a linha de produção permanecerá fechada até a conclusão da sindicância.

A reportagem tentou contato com familiares de Rodrigo, mas não obteve retorno até a publicação.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade