PublicidadePublicidade

Com apoio de Daniel Vilela e lideranças estaduais do MDB, Márcio Corrêa é lançado a pré-candidato a deputado federal

"Nos falamos quase todos os dias. Ele foi candidato a prefeito em Anápolis e não foi para o segundo turno por pouco. Perdeu ganhando", disse o provável vice na chapa de Caiado em 2022

Rafaella Soares -
Daniel Vilela e Márcio Correia com lideranças estaduais do MDB, em Porangatu. (Foto: Divulgação)

O MDB aproveitou o Encontro Regional do partido, realizado no último final de semana em Porangatu, no Norte goiano,  para lançar a pré-candidatura do anapolino Márcio Corrêa a deputado federal.

Como demonstração de força, além dos filiados, a legenda reuniu dezenas de prefeitos do Vale do São Patrício, do Norte e Nordeste goiano para endossar o ato.

Daniel Vilela, presidente estadual do MDB, e provável candidato a vice na chapa do governador Ronaldo Caiado (DEM), também esteve presente no evento e destacou que Márcio Corrêa é uma das apostas dele para que o partido volte a ter representante na Câmara Federal.

PublicidadePublicidade

“Nos falamos quase todos os dias. Ele foi candidato a prefeito em Anápolis e não foi para o segundo turno por pouco. Perdeu ganhando”, disse.

Márcio também deve contar com o apoio dos experientes ex-deputados federais Leandro Vilela, tio de Daniel, e Pedro Chaves. Ambos prometem não medir esforços para eleger o correligionário anapolino.

O partido também já fechou questão com lideranças que serão candidatos a deputado estadual e que vão fazer a chamada “dobra” com o empresário. Um deles é Márcio Luís, que disputou a Prefeitura de Porangatu em 2020 e não ganhou por apenas 46 votos.

“O futuro do MDB, inclusive na região Norte, passa pelo nome do Márcio Corrêa. Eu só não vou apoiá-lo sob uma condição: se ele não for candidato”, declarou.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade