PublicidadePublicidade

Motos apreendidas pelas blitzen eram furtadas de pátio de prefeitura e vendidas online

Caso foi descoberto após um dos veículos ser parado pela polícia e a suspeita é de que o jovem que cometia o crime contava com ajuda de servidores

Gabriella Pinheiro -
Anúncio feito pelo suspeito para divulgar os veículos (Foto: Divulgação/ Polícia Civil)

Um jovem, de 21 anos, foi preso suspeito de furtar motocicletas apreendidas no pátio da Guarda Patrimonial Municipal de Águas Lindas de Goiás, no Entorno do Distrito Federal.

De acordo com as investigações, o suspeito entrava no local durante o período noturno cortando a cerca de segurança que dava acesso até o pátio.

O homem ainda contava com o auxílio de agentes que o ajudavam a acionar a ignição das motocicletas sem chamar a atenção dos vigilantes.

PublicidadePublicidade

O suspeito também utilizava as redes sociais para anunciar os automóveis roubados e revendê-los. Segundo o delegado responsável pelo caso, João Carlos de Freitas, os preços oferecidos pelo criminoso eram abaixo da média ofertada nos comércio.

“Ele vendia os veículos bem mais barato do que o valor de mercado nas redes sociais e ainda parcelava em várias vezes, pela falta do documento”, explicou o delegado.

O detenção aconteceu na última segunda-feira (27), mas segundo o delegado, o sujeito continua preso até esta segunda-feira (04).

De acordo com a polícia, a investigação teve início quando uma das motos roubadas foi parada em uma blitz na cidade, em que os guardas constataram que o veículo abordado ainda constava como apreendido no pátio da Guarda Patrimonial Municipal.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade